PGRS – Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos

Documento que tem como objetivo a descrição do gerenciamento de resíduos sólidos gerados, nos estabelecimentos. Nele deve ser relatados a quantidade, classificação dos resíduos, se são perigosos ou não, como acontece o processo de  armazenamento, transporte e ainda, qual a sua  destinação.

O PGRS deve conter estratégias de planejamento do gerenciamento de resíduos sólidos , principalmente a longo prazo.

Deve ainda propor ações de programa de treinamento e capacitação dos colaboradores.

Vantagens:

  • Melhor acompanhamento das quantidades geradas;
  • Facilita o estabelecimento através das  metas, ações preventivas  para não-geração, redução, reutilização e reciclagem de resíduos sólidos
  • Redução de custos;
  • Atendimento à legislação;
  • Capacitações entre colaboradores visando eliminar desperdícios e promover a correta segregação e destinação dos resíduos;
  • Promove o desenvolvimento sustentável, o meio ambiente ganha com melhor gestão dos resíduos dispostos, a sociedade ganha em qualidade de vida com seus recursos naturais sendo menos utilizados e a empresa ganha com a possibilidade de capitalizar os seus resíduos ou, no mínimo, reduzir as perdas.

Obrigatório a todos os estabelecimentos que produzirem  quantidade superior a 600 litros de resíduos semanais.