Semana Empresarial reúne cerca de mil pessoas

Evento organizado pela Acicla, Sebrae, Sicoob e Sindivarejista durou quatro dias e mobilizou empresários, empreendedores e estudantes de Campo Largo.

Cerca de 1 mil pessoas participaram do evento. Na image, palestra com Allan Costa.

Um sucesso! Assim os organizadores classificaram o resultado da Semana Empresarial de Campo Largo. O evento, voltado para empresários e empreendedores, reuniu cerca de mil pessoas entre segunda (25) e quinta (28), nas dependências do Clube União Campolarguense.

Organizado pela Acicla, Sebrae, Sicoob e Sindivarejista, o encontro trouxe ao público palestras com renomados nomes, oportunidades de crédito e novos negócios para empresas locais. “Nosso objetivo foi trazer a Campo Largo um evento completo, que uniu aprendizado e oportunidade para empresários dos mais diversos níveis. Esse é o nosso papel, não apenas com o associado, mas com cada empreendedor da cidade” – argumenta Juliano Toppel, Presidente da Acicla.

“Nosso objetivo foi trazer a Campo Largo um evento completo” – diz Juliano Toppel, presidente da Acicla.

A abertura, no dia 25, contou com a presença de autoridades, como o vice prefeito Mauricio Rivabem e o deputado estadual Alexandre Guimarães. Ambos destacaram a iniciativa dos organizadores e ressaltaram a importância de eventos assim para o desenvolvimento da economia local.

Palestras

No primeiro dia do encontro, o palestrante internacional Allan Costa motivou os participantes a buscar métodos inovadores para construir suas empresas. Ele destacou exemplos de metodologia revolucionária que tem tornado o mundo mais eficiente e, consequentemente, criaram companhias bilionárias.

Na terça, Leandro Krug despertou o interesse nas novas tecnologias. Ao tratar da “mente do consumidor”, o especialista em varejo revelou que as redes sociais se tornaram a nova vitrine do comércio e incentivou a utilização de ferramentas como o Facebook e o Google para conquistar clientes.

Leandro Krug falou sobre a mente do consumidor.

A reforma trabalhista foi o tema abordado no terceiro dia da Semana Empresarial. O Juiz Federal Marlos Melek, autor da reforma, debateu o assunto de forma prática, simples – “Tanto nos livros como em minhas palestras costumo tratar esse assunto sem juridiquês” – explicou o jurista. Melek, que foi Juiz na Comarca de Campo Largo, exaltou sua relação com a cidade – “Precisou um Juiz vir de Campo Largo para pôr em prática a reforma trabalhista que o Brasil tanto esperava”.

O Juiz Federal Marlos Melek, autor da Reforma Trabalhista, explicou o tema de forma prática e simplificada.

Já Marçal Siqueira conduziu a última grande palestra do evento, colocando em pauta métodos para ampliar o rendimento pessoal e das empresas. Além de trabalhar novos hábitos profissionais, o palestrante ainda salientou a importância da prática de exercícios e da alimentação saudável na ampliação do rendimento pessoal.

Marçal Siqueira encerrou a Semana Empresarial.

Crédito saudável para empresa

Na terça-feira (26), o seminário de crédito mobilizou micro e pequenos empresários. Organizado pela Garantisul, entidade da Sociedade Garantidora de Crédito (SGC), o evento mobilizou bancos públicos, privados e cooperativas de crédito como o Siccob e o Sicred.

A ação possibilitou que as empresas locais pudessem ter acesso a condições especiais para aquisição de crédito, com taxas diferenciadas e garantia de crédito da SGC.

Oportunidade de negócios

A rodada de negócios foi outro ponto alto da Semana Empresarial. 14 empresas âncora – grandes indústrias como Incepa, CCM do Brasil, Ouro Fino, Móveis Campo Largo, entre outras – foram colocadas a mesa para negociar com empresários locais. “Ao todo foram 645 rodadas, que estabeleceram um relacionamento positivo entre as empresas. Algumas inclusive já saíram daqui com negócios encaminhados” – revela Léia Kadolph, coordenadora do Sebrae.

A iniciativa visa criar oportunidades para que empreendedores da própria cidade comercializem produtos ou serviços para grandes empresas locais.

Leonado Bosco, executivo da CCM do Brasil, avaliou a ideia como positiva – “Graças a isso estamos conhecendo as empresa locais e vendo que há muita oportunidade boa de contratar serviços da cidade para nossa empresa, sem precisar contratar de fora” – explica.

A rodada de negócios reuniu 14 empresas âncora e 55 fornecedores locais.

Apoio

Toda a ação contou com o apoio de diversas empresa e entidades como: Prefeitura de Campo Largo; Sindilouça; FIEP; SESI; SENAI; IEL; Sicredi; Caciaspar; Sanepar; Jornal Diário Metropolitano; Rádio Onda Livre FM e Jornal Folha de Campo Largo.

Deixe uma resposta