Conselho de Segurança é reativado em Campo Largo

Conselho tem objetivo de integrar a comunidade com a polícia e melhorar a segurança na cidade

Com objetivo de integrar a comunidade com a polícia e melhorar a segurança na cidade, foi reativado nesta quarta-feira (21) o Conseg Campo Largo – Conselho Comunitário de Segurança. A presidência foi assumida pelo advogado Pedro Parolin Teixeira, que desde o ano passado vem buscando reestruturar o Conselho.

A eleição por aclamação, por ser a única chapa inscrita, aconteceu na sede da Acicla, com presença do Capitão Alves, Comandante da 3ª Cia da Polícia Militar, e seu Subtenente Marcos Antônio do Nascimento; Emir da Silveira, Superintendente da Polícia Civil de Campo Largo; Marcos Roberto Leitão, Comandante da Guarda Municipal de Campo Largo; Juliano Toppel, presidente da Acicla, bem como membros da diretoria eleita.

A posse oficial acontecerá ainda em data a ser definida, pois depende de agenda do representante do Conseg a nível estadual. Fazem parte da diretoria, para os próximos dois anos, o presidente Pedro Parolin Teixeira, a vice-presidente Luana Mara Carlotto, advogada; 1º Secretário Luciano Bassani Puppi Filho, empresário; Eliane Stoco Danescki, administradora; 1º Tesoureiro Gabriel Puppi Ribas, advogado; 2º Tesoureiro Gustavo Augusto Druziki, analista de sistemas; Membros do Conselho Fiscal – Sonia Marqueze Ribas, consultora de vendas; Bruno Henrique Boaron, engenheiro civil; e Antonio de Andrade, empresário. O Conselho Deliberativo é formado por Sandoval Heimbecher Ribas, militar da reserva, e Gustavo Vaz da Silva, bacharel em Ciências Contábeis.

Pedro destaca que o Conselho tem a participação voluntária e é um instrumento da população, para reunir informações dos bairros e integrar com as forças policiais. O objetivo é planejar ações para a cidade, propor prioridades, ajudar a identificar problemas e chegar a soluções. Reuniões em bairros já estão sendo realizadas e entre as ações estão criando grupos de WhatsApp com foco na segurança, dando prosseguimento à Audiência Pública realizada na Faculdade CNEC.

O Conseg é apolítico e aberto

para a participação da população, inclusive com poder de voto nos projetos. É preciso apenas se apresentar com documento, comprovante de residência e ficha de antecedentes criminais. As reuniões mensais acontecerão na sede da Acicla com datas a serem definidas após a posse. Estarão sempre presentes representantes da Guarda Municipal, Polícia Militar, Polícia Civil, Acicla, Corpo de Bombeiros, OAB Subseção Campo Largo, Ministério Público e Poder Judiciário.

A diretoria planeja buscar recursos das prestações pecuniárias para colocar em prática os projetos que serão desenvolvidos. O primeiro ponto a ser discutido é projeto da PM e Acicla feito a partir da Audiência, para modernização da segurança pública com câmeras em pontos de saída da cidade e onde há maior índice de criminalidade. O projeto contempla a instalação de 63 câmeras de segurança, as quais deverão ser monitoradas pelo Grupo de Ação Integrada entre as polícias (a ser criado) e pode também ser interligado ao aplicativo desenvolvido na Faculdade Cnec.

Fonte: Folha de Campo Largo

Deixe uma resposta